Ruki vverkh! Conheça os melhores DJ’s da Rússia

Talvez você já os conheça, talvez nem fazia ideia de que eles tinham sangue russo correndo em suas veias, conheça os melhores ‘didzhei’ da Rússia.

Russia

Você pode não imaginar, mas a Rússia, sede da Copa do Mundo de Futebol em 2018, possui uma grande importância para a música eletrônica mundial. Grandes artistas que estão nos grandes palcos pelos festivais afora fazem parte do grande time de dj’s e produtores que trabalham arduamente por um lugar ao Sol.

O cenário da dance music russa gira, basicamente, em torno de clubs que possuem um bom histórico dentro das rigorosas leis governamentais do país, funcionando como grandes incubadores de talentos. No último ranking de DJ’s oferecido pela DJ MAG, 2 grandes dj’s estão nos primeiros 100 colocados, mas pesquisando mais um pouco, selecionamos 5 dessas lendas russas, que fazem você colocar as mãos da pra cima nos grandes eventos. Ruki vverkh!

1. ZEDD

zedd

Se você pensava que Zedd tinha sangue alemão antes de se mudar para os Estados Unidos, onde mora atualmente, se enganou. O produtor nasceu em Saratov, mudando-se para a Alemanha com a família apenas aos 4 anos de idade.

Com uma grande capacidade em incluir a música pop em suas produções da EDM, Zedd é um dos grandes maestros de mainstages dos maiores festivais do mundo, recebendo diversos prêmios de melhores músicas e melhor artista dance, entre suas grandes collabs destacam-se ‘Stay’ com Alessia Cara, ‘The Middle’ com Maren Morris, ‘Beautiful Now’ com Jon Bellion e ‘Stay the Night’ com Hayley Williams:

2. NINA KRAVIZ

Nina Kraviz

Alguém tem uma grande palavra para descrever uma mulher como essa? Com a classe e a frieza em seu olhar nas suas atuações mundo afora, fica fácil entender que Nina Kraviz nasceu e foi criada em seus primeiros anos na Sibéria.

Dominando as pistas do underground mundial, dona de gravadora e de programa de rádio, Nina ganhou os holofotes mundiais com sua destreza em emanar energias sombrias e dançantes no techno, incluindo mixes de acid e hard em seus sets.


3. ALEXANDER POPOV

Falando de Trance, nada melhor do que ter um inigualável representante russo na vertente. Alexander Popov é claramente um dos homens por trás das grandes produções de sucesso da gravadora de Armin Van Buuren, a Armada Music.

Morando em Moskovo, Popov nasceu em Saratov e é dono de hits no uplifting como ‘World Like This’, ‘Eyes to Heaven’,  ‘When the Sun’ e a nova ‘Popcorn’ com Armin Van Buuren. Na ativa há quase 15 anos e com 32 anos de idade já possui um álbum de estúdio em sua carreria, o ‘Personal Way’.

4. ARTY

Se tem um garoto que flerta tão bem o Trance o Progressive House em suas canções como Arty, pode me arrancar deste posto de redator. O DJ e produtor russo iniciou sua carreira em 2009 e em 2010 já despontou como um dos maiores dj’s do mundo segundo o ranking da DJ Mag.

Atuando nas gravadoras Armada, Anjunabeats, Revelead Recording, Black Hole e STPMD RCRDS, Arty possui sucessos como Rain, Idea Of You, Zara, Supposed To Be, Rebound e o projeto ALPHA 9, um alias especializado em uplifting.

5. SWANKY TUNES

Em um cenário onde grandes artistas vão e vem, é admirável como o trio Swanky Tunes se mantém no mercado. Criado na mesma época que Daft Punk, The Prodigy e The Chemical Brother, o trio russo formado por Vadim Shpak, Dmitry Burykin e Stanislav Zaystev se uniu pela primeira vez em 1998 e não parou desde então.

O trio que iniciou produzindo techno e electro nos anos influenciado pelos synths dos anos 80, hoje tem uma sonoridade totalmente voltada à EDM. Em seus últimos lançamentos estão ‘Here We Go’, trilha sonora de Fast & Furious 6 e as collabs ‘Sending My Love’ com R3HAB e ‘Make Some Noise’, com Tiesto.


Comentários

DJ, marketeiro, um caipira-paulistano. House e Groove pra dançar, Trance pra sonhar.