Vendas de vinil decolam e devem superar a de CDs em 2019

Surpreendendo no primeiro semestre de 2019, o vinil volta a ser vendido em larga escala e dele superar o CD até o fim do ano. Veja os números:

Vinil

Não é de hoje que aparelhos eletrônicos e até mesmo o mundo virtual, vem substituindo coisas do nosso “mundo real”. As locadoras perderam espaço para as os vídeos online. Os livros fisicos foram trocados por e-books. Eventos online reúnem pessoas de todo mundo num mesmo local, mas todos de frente para seus monitos, para discutirem sobre determinados assuntos e claro, com a música não seria diferente. Com o aumento das plataformas de streaming, seja nas opções ou adesão por parte da indústria no geral, as vendas dos CDs fisicos caíram em todo o mundo, porém, com uma grande surpresa: as vendas de vinil voltaram a crescer.

Mesmo num mundo onde as pessoas preferem ouvir música em seus aparelhos celulares no meio da rua, parece que a onda vintage tomou conta não só das roupas de todo mundo, mas em resgatar velhos hábitos e um deles é o vinil. Numa recente pesquisa, a RIAA (Recording Industry Association of America) apurou que as vendas de vinil ultrapassarão a de CDs até o fim do ano. Enquanto o CDs venderam 18.6 milhões de unidades até agora, arrecadando cerca de $247 milhões de dólares, o vinil já chegou na casa dos $224 milhões com apenas 8.6 milhões de unidades vendidas.

Entre o campeão de vendas e um dos grandes resposnaveis pelo grande retorno do vinil as paradas de vendas, é o “Greatest Hits” do Queen, seguido da sensação do mundo pop, Billie Eilish e seu “When We All Fall Asleep Where Do We Go” e fechando o pódio, “Unknown Pleasures” do Joy Division. Além deles, outros grandes clássicos figuram o TOP 10 de vendas de vinil de 2019, incluindo Pink Floyd, Nirvana e David Bowie.

Desde 1986 que o vinil não vendia mais do que os CDs no mercado de mídias fisicas e hoje, ele já é responsável por cerca de 4% do total de vendas musicais, frente aos 80% de streamings. Será que ainda teremos grandes números de vendas do bom e velho vinil? Estamos torcendo para que sim! Para conferir o estudo da RIAA na íntegra, clique aqui.

Comentários

DJ, Produtor, Redator, Libriano e Sonhador. Há vinte e tantos anos, embalado pelo Trance.