Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

2020 Parte 2: Novos trabalhos e novas tendências para o semestre

Confira uma análise de possíveis tendências da dance music, descritas por hypes de novos álbuns, que possivelmente chegarão até o fim de 2020.

2020

Tchami é um dos cotados a lançar seu novo álbum de estúdio até fim de 2020.

Chegamos finalmente na metade do ano de 2020. Não está sendo fácil para ninguém enfrentar uma das maiores pandemias já registradas na humanidade, mas o ser humano sempre se supera quando o assunto é expectativa. O mercado do entretenimento, por mais que seja um dos mais afetados, é também um dos que mais trabalham durante a quarentena, gerando conteúdos específicos, que encantam seus maiores clientes, os espectadores, ouvintes, fãs e amantes de uma das maiores formas de lazer já existentes.


Durante o primeiro semestre, diversos eventos aconteceram impecavelmente, seja de forma digital, ou até mesmo presencial, seguindo todas as recomendações da OMS. Mutuamente a este cenário ativo, os artistas, que são peças chave, também se mantém equipados de estratégias de marketing, para que seus projetos recebam uma manutenção de marca eficiente. Prova disso foram os lançamentos, que já eram esperados antes da pandemia, continuarem a todo vapor, além de surgirem novos, com novas ideias e sentimentos trazidos com o isolamento social.

Mas o que esperamos deste próximo semestre? Quais são as peças que poderemos ver se movimentando no xadrez do mainstream internacional? Selecionamos alguns dos possíveis próximos lançamentos que certamente poderão movimentar o mercado da música eletrônica mundial, lançar tendências e assumir postos de comando mesmo durante toda a crise mundial econômica instalada. Confira a lista dos mais hypados para o próximo semestre:

1. Honey Dijon, Tchami e o retorno ao classical house

2020

Honey Dijon já anunciou que em breve lançará o ‘Black Girl Magic’

Neste primeiro semestre ouvimos grandes lançamentos do melodic house tomarem conta das paradas de sucesso mundiais, um dos requisitos para que isso acontecesse foi o flerte com o underground. Tanto Honey Dijon quanto Tchami prometeram grandes trabalhos até o fim deste ano, o house assume então um novo rosto até lá. Miss Honey atacará novamente com seu segundo álbum de estúdio ‘Black Girl Magic’, ainda sem data de lançamento e Tchami, após trabalhar com Gaga no ‘Chromatica‘, já teve alguns de seus novos trabalhos divulgados como singles, nos deixando ainda mais ansiosos para o que estar por vir.

2. ZHU, Porter Robinson e o exercício da introspecção emotiva

2020

Porter Robinson no seu Second Sky Virtual Festival

Artistas sensíveis estão mais aflorados durante o isolado social, auxiliando ainda mais em suas grandes composições para um breve futuro. ZHU, em Fevereiro, já havia anunciado a vinda de um novo trabalho de estúdio e Porter Robinson, durante seu show no Second Sky Virtual Festival, lançou 3 singles de seu próximo trabalho, também sem data de lançamento.

3. Dimension, Zedd, e a troca de ciclos da EDM

Zedd

O progressive house do mainstream internacional ganhou força ao substituir o big room dos grandes palcos nos festivais mundiais, sua nova forma de comunicação, já presente em melodias de artistas como Martin Garrix, ganhará ainda mais destaque nos próximos trabalhos de Dimension, que promete novo álbum até Dezembro e de Zedd, que já estava com o álbum praticamente pronto a ser lançado, mas que preferiu segurá-lo até o incerto acabar no futuro.

4. Swedish House Mafia, Skrillex e o possível retorno dos que nunca se foram

Skrillex, será que até 2021 sai o novo álbum?

É nítido que a dance music tem seus ídolos e Skrillex é um deles, seus fãs estão ansiosos há meses e meses por novos trabalhos e o hype quanto a novos trabalhos de Sonny apontam que este seja finalmente o ano de lançamento de seu trabalho, como também já ouvimos isso antes, o possível e o impossível neste caso. caminham de mãos dadas, assim como outros grandes membros da EDM.

Sabemos que a pandemia em alguns países já tem hora para acabar, mas também sabemos que crises politico-sociais em mercados como o Brasil, também irá atrapalhar o tear de possibilidades que é se lançar no meio do que está acontecendo no mundo. O importante é que existe uma legião enorme de amantes do gênero, que está precisando também de formas de se divertirem e de se lembrarem do quanto aquele seu artista favorito será altamente cobiçado por seus bolsos após o problema não mais existir. 2020/2, seja bem vindo.

Comentários

Formado em Administração de Negócios com ênfase em Marketing, estudante de Jornalismo. DJ, poeta e workaholic. Amante de um bom som, um amanhecer e uma taça de gin.

FACEBOOK

PLAY!

PUBLICIDADE

Leia Também:

Mainstage

Após uma reformulação, a categoria Dance/Electronic do Spotify apresenta um novo conjunto de playlists, as “tracks IDs” com grandes artistas da cena global. Você...

Mainstage

Em edição totalmente virtual neste ano, o Tomorrowland liberou 15 minutos de grandes shows que fizeram história no ‘Around the World’. Assista. Comentários

Mainstage

O DJ e produtor brasileiro Bruno Martini, assina novo remix do estourado sucesso de Topic, “Breaking Me”, ouça agora. Comentários

Via UnderGROUND

A plataforma BeApp promoverá um show exclusivo de Gui Boratto apresentando seu novo álbum “Backstage” e apresentações de L_cio e Coppola. Comentários

Publicidade

Beat for Beat © 2020