Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

Confira os grandes vencedores da 4ª Edição do Beat Awards

Em sua 4ª edição, o Beat Awards consagrou grandes nomes da música eletrônica e com surpresas em relação aos anos anteriores.

Beat Awards

Beat Awards

Mais um ano se passou, o Beat for Beat completou seu 4º ano de vida e nossa tradicional comemoração, elegendo os melhores do último ano, dentro da música eletrônica, não seria esquecida.


A 4ª edição do Beat Awards, nossa premiação online, bateu todos os recordes de votos dos anos anteriores e nos surpreendeu de uma forma bem positiva. Os vencedores de 15 categorias foram escolhidos por vocês, numa disputa feita voto a voto, tanto que até atrasou a nossa apuração em alguns dias. 3 categorias também foram escolhidas pela nossa redação e o resultado final, você confere abaixo.

Melhor Artista Nacional – Mainstream
ILLUSIONIZE

Illusionize

Pedrinho, o menino do grave. Um dos nomes mais populares da música eletrônica nacional, Illusionize é o grande vencedor da categoria de Melhor Artista Nacional – Mainstream. O DJ e produtor goiano teve grande destaque dentro da dance music nacional ao lançar seu álbum ‘X’, além de desenvolver um grande trabalho em sua nova label, a ‘Elevation’. Apostando em nuances de tech house e suas derivações, sem perder a maestria em liderar o bass, Pedrinho surpreende com sua qualidade, seja em resumidas apresentações em grandes eventos com o Mysteryland, na Holanda, como em long sets de até 8 horas apresentados Brasil a fora. Parabéns Illusionize.

Melhor Artista Nacional – Undergrorund
Gabe

Gabe tem crescido potencialmente no país quando o assunto se remete ao tech house. O produtor ganhou força no ano passado e até hoje sua popularidade cresce em suas apresentações por todo país. O DJ mais pedido do Brasil, Gabe repete o feito do ano passado e é o novo bi-campeão como Artista Nacional – Underground.

Melhor Artista Nacional – High BPM
Vegas

Vegas Beat Awards

O monstro dos festivais de trance. Pelo 4º ano consecutivo, Vegas é eleito o Melhor Artista Nacional High BPM. O DJ e produtor é um dos nomes mais solicitados dos grandes eventos de trance no Brasil. Seu último álbum, ‘Caixa Mágica’, também foi muito bem criticado em toda a cena da dance music nacional e sua apresentação na última edição do Rock in Rio, foi uma das mais comentadas nos bastidores. Alguém vai conseguir tirar o trono dele em 2020?

Melhor Artista Internacional – Mainstream
Arminva van Buuren

Armin van Buuren

Não tem pra ninguém! O todo poderoso do trance, Armin van Buuren é tetra-campeão do Beat Awards na categoria Artista Internacional – Mainstream. Armin desempenhou um papel importante para a EDM global, lançando o álbum ‘Balance’, com sucessos já renomados nas pistas de todos os clubs mundiais, o DJ e produtor holandês, levou o selo de seu programa, ‘A State of Trance’, em pocket festivals, por todo o planeta, passeando pela Ásia, Europa e América do Norte. Com certeza, o sólido ano de Armin Van Buuren deve ser aclamado pelo público brasileiro fã de seu trabalho.

Melhor Artista Internacional – Underground
Charlotte de Witte

charlotte de witte beat awards

As mulheres têm ocupado espaços de destaque dentro da música eletrônica mundial e Charlotte de Witte é um desses grandes nomes de respeito. Uma verdadeira mestra do techno, ela estreia no Beat Awards, como Melhor Artista Internacional – Underground.  A DJ belga em 2019, entregou grandes apresentações, levando o techno para palcos mainstream como o Tomorrowland, além disso, estreou sua nova label, KNTXT, levando-a para eventos de grande importância para seu gênero.

Melhor Artista Internacional – High BPM
Astrix

Quem é rei, jamais perde a majestade e por isso, Astrix repete o feito do ano passado e é bi-campeão do nosso Beat Awards. O israelense especializado em Full On, marca presença assídua nas festas de trance no nosso país. Em 2019, foi um dos sucessos do Ozora Festival, um dos maiores eventos de seu gênero, além de ter lançados sucessos como ‘Sahara’ e ‘Seven Gates’, reproduzidos por outros diversos artistas em apresentações por todo o mundo.

Track do Ano
Meduza – Piece Of Your Heart ft. Goodboys

Mais que um sucesso, praticamente viral. ‘Piece of Your Heart’ foi uma das músicas mais tocadas durante todo o ano passado e segue até hoje sendo reproduzida com louvor em rádios e plataformas de streaming, por isso, nada mais justo do que ser escolhida pelo público como a Track do Ano de 2019.

Álbum do Ano – Mainstream
ILLUSIONIZE – X

Olha ele ai de novo. ILLUSIONIZE emplaca seu 2º prêmio no Beat Awards de 2019 e desta vez, com seu álbum ‘X’, que foi sucesso entre seus fãs e muito ovacionado no mainstream brasileiro, ganhando destaque também em rankings mundiais.  Faixas presentes no álbuns também foram reproduzidas por grandes nomes do mainstream mundial, marcando presença em eventos de diversos países.

Álbum do Ano – Underground
The Chemical Brothers – No Geography

A dance music sempre possui grandes talentos que são considerados lendas dentro do cenário em que habitam. A dupla de titãs The Chemical Brothers é um desses nomes que sempre vem alavancando seu histórico no circuito mundial da música eletrônica. Em ‘No Geography’, tão aguardado álbum da dupla, eles mostraram mais uma vez, em como se renovar diante de novos movimentos, mantendo sua originalidade e ganhando assim, por voto popular, prêmio de Álbum do Ano – Underground.

Evento do Ano – Mainstream
XXXPerience

Queridinho do público brasileiro, o XXX completou suas 150 edições em sua confortável casa, Arena Maeda, em Itu, interior de São Paulo, repetiu a fórmula de sucesso do último ano e prova disso, é o reconhecimento como Melhor Evento do Ano Mainstream. O XXXperience Festival também ampliou suas edições fora do estado de São Paulo passando por capitais como Brasília.

Evento do Ano – Underground
Time Warp Brasil

Time Warp Brasil 19 Cave 2

Quando um festival é bom, ele merece bis e foi isso que o alemão Time Warp fez em sua segunda edição brasileira. Neste último ano o Time Warp Brasil apostou bastante suas fichas em nomes da house music mundial, apesar de criticado em primeiro momento, tais nomes fizeram grande diferença na entrega de um festival multicultural e renovado. O sucesso foi tanto, que o evento foi escolhido como o Melhor Evento do Ano na categoria Underground.

Evento do Ano – High BPM
Mandallah

Poucos eventos tem sido sucesso de critica entre o público e a Mandallah foi um desses eventos. Com uma programação impecável em sua última edição, o evento entregou uma grande comemoração de 14 anos e foi escolhida como o evento High BPM do Ano!

Melhor Club – Mainstream
Laroc

Um verdadeiro gigante do interior paulista. Pelo 4º ano consecutivo, o Laroc Club abocanha o título de Melhor Club Mainstream e leva pra Valinhos, todo o reconhecimento merecido. O festival se destacou neste último ano com a estreia do Ame Laroc Festival,  evento que trouxe grandes estrelas da dance music mundial para o carnaval paulista.

Melhor Club – Underground
Warung Beach Club

Warung

O Templo da música eletrônica, o Warung Beach Club é o palco de grandes festas no sul do Brasil, por onde nomes consagrados da música eletrônica sempre marcam presença. A casa, que comemorou 17 anos em Novembro, assume o trono do Beat Awards e é escolhido como o Melhor Club Underground do Brasil!

Melhor Festa/Coletivo Independente
Mamba Negra

A irreverência da Mamba Negra é o que move a festa e o sucesso é tanto, que pelo 2º ano consecutivo, a Mamba é escolhida como a Melhor Festa/Coletivo Independente.

Melhor Performance/Set
Peggy Gou – Time Warp Brasil

Em meio a grandes artistas, destacar-se pela sua técnica e repertório é uma tarefa para poucos, mas que a DJ e produtora sul coreana Peggy Gou fez com elegância. Foi durante a edição de 2019 do Time Warp Brasil, que ela mostrou ao público paulistano todo o seu talento e por isso, é reconhecida pela nossa redação com o prêmio de Melhor Apresentação do Ano.

Profissional do Ano
Mario Sergio Albuquerque

O prêmio de Profissional do Ano vai para aquele que nem sempre aparece no palcos. Pela direção da ARCA, local que tem recebido grandes eventos do cenário eletrônico mundial, além de grande influenciador no mercado nacional e sua visão de negócios, Mário também foi um dos nomes por trás do projeto New Dance Order, o novo palco de música eletrônica do Rock in Rio, que ganhou grande notoriedade em sua estreia nesta última edição.

Menção Honrosa
Keith Flint (1969 – 2019)


Keith Flint ganhou a menção honrosa de 2019 pelo auxílio à criação do movimento big beat nos anos 90 , além do grande papel que desempenhou como frontman da renomada banda The Prodigy,  uma das mais aclamadas live bands da cena mundial da dance music de todos os tempos.  O suicídio do músico no ano passado deixou uma grande marca dentro do gênero.

Parabéns a todos os vencedores da 4ª edição do Beat Awards e ano que vem tem mais!

Comentários

Editores do Beat for Beat. Apaixonados pela música, pela pista e uma boa taça de gin.

FACEBOOK

PLAY!

PUBLICIDADE

Leia Também:

Mainstage

Após um forte ciclone passar pela região de Santa Catarina, parte da estrutura do club #1 do mundo, o Green Valley. desabou. Veja a...

Mainstage

A mágica ilha, Pāpiliōnem, será o cenário que receberá os visitantes virtuais durante o festival digital Tomorrowland Around The World. People of Tomorrowland, estão...

Via UnderGROUND

Além das aulas gratuitas que serão divulgadas no Youtube, Andre Salata abrirá também, novas vagas em sua Comunidade de Áudio. Se você é um...

Mainstage

Conheça as melhores tracks que fizeram da nossa playlist de lançamentos, da quarta e última semana de junho, um sucesso. Ouça agora. Comentários

Publicidade

Beat for Beat © 2020