Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Descubra

Descubra: Bervon

Após tocar no Universo Paralello e receber suporte de um dos gigantes nacionais, Wehbba, está na hora de Descobrirmos o talento do Bervon!

Bervon

Bervon

Depois de um 2019 de grandes conquistas, tocando na última edição do Universo Paralello e recebendo o suporte de Wehbba para sua track ‘Snake‘, ainda unreleased, Bervon iniciou 2020 mirando um futuro promissor. O Curitibano é uma das caras novas no cenário da capital paranaense, dono de um techno intenso e de uma personalidade forte. Entende o real papel de um DJ na cabine e leva como objetivo principal em suas apresentações a conexão e sintonia total com a pista.


Se para você ele ainda é um nome estranho, recomendamos ler o bate-papo que tivemos com ele, aproveitamos e separamos alguns sets e produções autorais do artista para você colocar no seu som. Com vocês, Bervon:

Beat for Beat – Olá, Bervon! Tudo bem? Obrigado por topar este bate-papo. Você é um nome relativamente novo na cena, o que te motivou a apostar no universo da música? Qual é a sua história com ela?

Bervon – Foi a partir do meu primeiro contato com a esfera mais underground da música eletrônica, frequentando meu primeiro club e, posteriormente, minha primeira festa rave – foi quando comecei a entender como o público é tocado pelo DJ. A sensação de euforia, alegria, realização e diferentes sentimentos provocando durante a história criada ao decorrer da seleção musical é uma coisa especial, e é o que eu busco fazer com o máximo de pessoas, me conectar com elas através da música.

Bervon Inbox

Bervon fechando para o Shall Ocin no Inbox

B4B – O começo de uma carreira sempre é repleto de desafios. No seu caso, quais têm sido os maiores nessa jornada inicial e o que você pode compartilhar com quem também está buscando seu espaço?

Bervon – Acredito que o maior desafio para quem está começando nesse mercado é entender que cada artista é diferente e tem seu tempo para descobrir e conquistar seu espaço. Estudo, dedicação e bons suportes são fundamentais para apresentar um trabalho maduro, cada conhecimento e experiência que recebemos ao longo da jornada nos tornam mais maduros.

B4B – Você é natural de Curitiba, vejo que é uma cidade que apresenta uma cena underground pulsante e crescente, você concorda? De que maneira estar inserido na capital paranaense tem ajudado você a desenvolver seu perfil artístico? O que a cidade apresenta de mais interessante atualmente na sua visão?

Bervon – Sim, a cena de Curitiba vem crescendo cada vez mais. Eu recebi muitas influências desde que entrei para esse mundo, acredito que ter a oportunidade de ver de perto apresentações de grandes e pequenos artistas sempre é algo que ajuda a me desenvolver artisticamente, muitas vezes saio da festa com vontade de ir pro estúdio porque tenho muitas inspirações e ideias durante a noite e quero transformar elas em música.

O número de artistas no mercado vem aumentando e o que venho percebendo é que junto disso estão sendo criados vários núcleos e festas por aqui, o que é muito importante para o crescimento da cena. Com mais artistas o espaço se torna mais concorrido, mas tendo um maior número de festas também aparecem mais oportunidades para todos.

B4B – O techno sempre foi sua maior paixão? Quais artistas você acompanham que fazem parte do seu background musical?

Bervon – Entre todos outro os estilos o techno é onde eu me encontrei. Sou muito fã do Ben Klock, toda vez que ele vem pro Brasil eu vou vê-lo e sempre fico impressionado, existem diversos outros artistas que acompanho o trabalho e gosto muito, mas minha maior inspiração é ele.

B4B – Costurando com a última pergunta: você acredita já ter um perfil sonoro definido ou ainda está em fase de construção e evolução?

Bervon – Na minha opinião estamos sempre crescendo e evoluindo, mas sim, acredito já ter uma identidade e cada dia que passa fico mais satisfeito com o resultado do meu trabalho. Convido todos a ouvirem minhas músicas e meus sets.

B4B – Você teve recentemente uma de suas tracks tocadas por Wehbba, grande referência brasileira dentro do Techno. Pensando num futuro distante, quais os objetivos que você almeja? Onde você quer estar daqui há 10 anos?

Bervon – O Wehbba sempre foi uma inspiração pra mim, ter minha música tocada por um artista desse nível é um sonho realizado. Receber suportes assim e dividir cabine com artistas como ele com certeza são objetivos conquistados.

Chamar atenção do maior de número de pessoas ao redor do mundo com a minha música é que quero fazer. Me apresentar em grandes clubs, festas e festivais ao lado dos melhores artistas do mundo é onde quero chegar.

B4B – Como foi sua experiência no Universo Paralello? Antes de tocar lá, você já havia frequentado o festival como público?

Bervon – Eu fui na edição anterior, a 14ª. Esse é um festival surreal, só quem foi sabe o quão especial ele é, realmente não existem palavras para descrever. Me apresentar lá foi um desafio artisticamente. Toquei entre dois artistas de psytrance, então tive que segurar a barra para a pista não morrer com a troca de estilos, fiz um set de 140 a 150 bpm misturando um pouco de techno, acid e trance e a resposta da pista foi muito boa. Espero voltar na próxima edição!

Entendi  – Para finalizar, quais são seus planos para o agora, em 2020? Obrigado!

Bervon – 2019 foi um grande ano pra mim, muitas conquistas, apresentações e músicas novas. Para esse ano irei investir mais tempo e recursos no meu trabalho, estou com a equipe da UAM Manager trabalhando firme por meus objetivos, queremos consolidar bons lançamentos em boas gravadoras nacionais e internacionais, farei minha primeira viagem ao exterior com foco em trabalho e claro, quero tocar e levar minha música a muitos lugares. Estou empolgado e feliz, isso é o mais importante!

https://www.facebook.com/watch/?v=492557664787218

Comentários

DJ, Produtor, Redator, Libriano e Sonhador. Trance para amar e Techno para dançar, com uma taça de Gin para acompanhar. Onde é o after?

FACEBOOK

PLAY!

PUBLICIDADE

Leia Também:

Entrevista

Um dos projetos de música eletrônica mais famosos do Brasil nos anos 2000, o eterno projeto Kasino conversou com a gente sobre seu retorno....

Mainstage

Confira os melhores lançamentos que fecharam o mês de julho com chave de ouro. Entre os destaques Dash Berlin, Honey Dijon e Vintage Culture....

Mainstage

Representando a cronologia da vida com mensagem forte, Wolf Player, Vintage Culture e JETs lançam a faixa ‘Things’ nas plataformas digitais. Muitos produtores fazem...

Mainstage

O DJ e Produtor holandês, Armin van Buuren, liberou 31 remixes de grandes hits seus, reunidos no álbum ‘Lost Tapes’. Escute agora! Sabe quando...

Publicidade

Beat for Beat © 2020