fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Descubra

Descubra: Rodz

Artista 360, de Cuiabá pro mundo, Rodz é um multiartista que vem atuando como DJ, produtor e co-fundador da gravadora Under Waves Music.

RODZ

Por Sofister

Através de diversos caminhos, Rodolpho Borges, a.k.a Rodz criou uma forte carreira de proeminência nacional. Natural de Cuiabá (MT), esse multiartista vem atuando como DJ, produtor e co-fundador da gravadora Under Waves Music, há 15 anos e tornou-se referência em técnica e versatilidade nas suas apresentações. Com muito empenho por meio de seu trabalho, Rodz busca fomentar a música eletrônica no Brasil e ser o expoente de grandes talentos, tanto daqui quanto de fora, garantindo igual oportunidade para artistas que estão começando e também trabalhar com DJs renomados.

E a expressividade desse trabalho se dá em números. Com a Under Waves, estamos falando de mais de 300 artistas lançados com assinatura da label e faixas sendo reproduzidas mundialmente em mais de 50 países. Além de operar diretamente com eventos, lançamentos em mídias sociais, podcasts no Soundcloud, gravadora, claro, e também uma marca de roupas. Toda essa troca de experiência garante a qualidade prezada por Rodz em suas contribuições e projetos.

Conversamos com o artista para entender mais sobre o início da sua trajetória até o momento atual, seu remix do Inner City e outros projetos relacionados a Under Waves. Vem saber mais:

Beat for Beat – Olá Rodz, obrigada por conversar conosco! Você começou a se envolver bem jovem com música eletrônica, aos 13 anos de idade. Conte como você desenvolveu essa maturidade e profissionalismo desde cedo.

Rodz – Olá pessoal, acho que essa maturidade veio de sempre estar no meio de gente mais velha que eu, meu irmão com 10 anos mais velho, fazia alguns eventos em nossa cidade, assim foi me levando desde muito novo, assim automaticamente, os amigos dele acabava sendo os meus. Logo comecei a tocar e já fui entendendo o que funcionava e não funcionava, isso me ajudou muito.

Seus pais te incentivaram no começo? Quem foi seu grande apoiador na carreira?

Rodz – Sinceramente meus pais no começo acharam meio estranho, mas como sempre confiaram em mim, eles acabaram relevando, mas não falavam nem que sim e nem que não, rs. Mas com 13 anos já me emanciparam para poder viajar e fazer minhas coisas sozinho, então acredito que foi um pequeno incentivo. Mas meu irmão foi uma peça bem importante, pois foi quem comprou meus primeiros aparelhos para treinar em casa, no qual eu ficava horas e horas. E também vários amigos sempre apoiaram essa minha “idéia”, claro que uns vem e vão, mas os bons sabem quem são e estão firmes até hoje.

Dessa época, como eram as festas organizadas por você e como são as festas de agora? O que mudou e evoluiu em relação ao som, público, espaço..?

Rodz – Sem dúvidas, não tinha tantos eventos como hoje, então os poucos que tinha, eram visados, assim tinha uma certa facilidade em pegar patrocínios, pois muita gente sabia do que ia ter na cidade, isso facilitava muito na produção das festas. Hoje devido ao aumento de eventos e até mesmo interferências indiretas como “Netflix, Redes Sociais, Smartphones junto com o conforto de ficar em casa” fazem as pessoas serem mais seletivas aos eventos, assim acaba diminuindo de certa forma o público, já em relação ao som, eu vejo um avanço imenso na qualidade das produções e espaço para novos DJs, acho que está a mesma coisa, pois se você quiser e correr atrás, as coisas vão acontecer, inevitavelmente.

Conquistar espaço e representatividade na cena eletrônica no Brasil e fora dela é de fato um sonho audacioso, mas que vale a pena. Fale um pouco sobre o trabalho de referência da Under Waves, atuando como gravadora, plataforma de mídias, e até mesmo com uma linha de roupas.

Rodz – A Under Waves foi uma coisa que foi acontecendo muito naturalmente, sei que quando mudei para Uberlândia, precisava de algum suporte que pudesse criar uma estabilidade na música, mas não que ia chegar onde chegou. Um grande responsável também foi meu sócio e amigo Lucas Caixeta (Lucke) no qual sempre não mediu esforços para as coisas acontecerem. Pois de uns anos pra cá, sabemos muito bem o que queremos, o que temos traçados para o nosso futuro e posso dizer que vai vim muita coisa boa por aí.

Qual a importância para você desse projeto e a atuação em diferentes frentes?

Rodz – Além da Under Waves eu trabalho com uma empresa em família e por mais que são dois negócios totalmente diferentes, muita coisa eu aproveito para a Under, como gestão, planejamento, estratégia, marketing e junta também com essa sede de aprender coisas novas, que é o que nos move.

A Under Waves Store tem como slogan ‘vista-se de música’ e cada lançamento vem com um conceito diferente, incluindo uma playlist própria com o tema. Você participa dessas criações? Quem faz a curadoria das playlists que vão junto nas camisetas?

Rodz – Sim, tento participar de ponta a ponta desse projeto, pois é algo que eu sempre tive muita vontade de trabalhar. Alguns modelos foram feitos por mim, outros pelo Lucas, todos seguindo um padrão de identidade que liga a música. E as playlists também sempre estamos incluindo coisas novas lá.

Para um DJ que vai do House ao Techno, e com 15 anos de estrada, como você costuma se preparar para cada gig?

Rodz – Sempre procuro saber antes: Olho sempre com muita atenção qual é o tipo de festa, quem vai tocar, qual horário que vou me apresentar, para daí sim montar meu set. Curto muito ir com uma base pronta que encaixe dentro da proposta e que siga minha identidade, gosto de ter um guia, mas também sempre antecipo até as mudanças que podem acontecer no decorrer do set, considerando o que foi tocado primeiro, a energia de como está aquele momento, se estava dentro do que eu esperava ou não, então tá tudo sempre muito planejado rs.

Atuando como produtor, conta mais sobre seu recente remix da música ‘Good Life’ do Inner City. Quais elementos você quis evidenciar e transformar nesta track?

Rodz – Essa é uma faixa que eu sempre curti, mas ela nunca casava nos meus sets, então quis fazer ela para poder tocar mesmo, logo decidi que queria lançar para outras pessoas poderem participar disso também. Muitos amigos já tocaram e já tive bons feedbacks dela na pista, fico muito feliz.

Rodz – 2022 sem dúvidas está sendo um ano muito próspero e com certeza o que teremos, é parceria com novas pessoas e projetos legais dentro e fora do país.

Rodz está no Instagram & Soundcloud.

Comentários

DJ, Produtor, Redator, Libriano e Sonhador. Trance para amar e Techno para dançar, com uma taça de Gin para acompanhar. Onde é o after?

Leia Também:

Agenda

O DJ Israelense Guy J, que coleciona grandes passagens pelo Brasil, retorna mais uma vez ao D-Edge em grande companhia. Saiba mais. Existem diversos...

Agenda

No dia 3 de setembro, o 9º melhor club do mundo segundo a aclamada revista britânica DJ Mag, recebe 3 grandes nomes do EDM....

Lançamentos

“New Scream” foi lançado na última sexta e logo se destacou no Beatport, o disco pegou Top 10 no chart de tech house, e...

Mainstage

Podcast mira em sonoridades profundas do House e a divulgação de talentos nacionais com muito talento. Confira Abaixo. Por Sofister   Acostumado a navegar...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | (11) 98602-8789