fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

Tebetê #10: Armin, SJ&RM e W&W no Tomorrowland Brasil 2016

O set que não estava previsto no Tomorrowland Brasil 2016 e que até hoje, é um dos preferidos dos que estavam presentes, completa 5 anos.

Tomorrowland Brasil 2016

Foto: Bruno Gomes

Estes dias 21, 22 e 23 de abril são dias especiais na memória de diversos fãs brasileiros de música. Foi nesta época, em 2016, que muitos de nós curtimos os 3 dias da última vinda ao nosso país de um dos maiores festivais do mundo: o Tomorrowland Brasil. Há 5 anos atrás, mais de 180 mil pessoas puderam sentir a magia do Tomorrowland e hoje, iremos resgatar na coluna Tebetê.

Completamente sold out, pessoas de todas as partes do planeta fizeram parte da celebração. Mais de 187 artistas se revezaram entre os 6 palcos da edição The Key to Happiness, que transformou a Arena Maeda, Itu, em um cantinho da Bélgica. Entre os nomes que subiram aos palcos, estão Axwell, Ingrosso, Dimitri Vegas & Likie Mike, Afrojack, Kolombo, Alesso, Solomun, Hernan Cattaneo, Robin Schulz, Aly & Fila, Ferry Corsten, isso só para citar alguns, mas este post quer destacar um set em especial.

Foi na madrugada do dia 22 para o dia 23 que o Tomorrowland Brasil presenciou um feito histórico. Por conta um incêndio na região, muitos participantes tiveram problemas para chegar ao local do evento. Pensando em minimizar o prejuízo do público que perdeu parte do show, a organização do festival convidou de volta para o palco 3 atrações que nos presentearam com um set inédito: Armin van Buuren, Sunnery James & Ryan Marciano e W&W.

Tomorrowland Brasil 2016

Mainstage do Tomorrowland Brasil 2016 | Foto: Bruno Gomes

Completamente inesperado, o B2B entre os gigantes holandeses foi um verdadeiro deleite aos fãs da boa e velha EDM e surpreendeu até mesmo os admiradores de outros estilos. Como o set foi após a programação normal, no estilo “after party”, todos os presentes no Maeda se concentraram no Mainstage para curtir a apresentação. E vamos combinar: foi um baita show!

Armin van Buuren ditou as regras do set  abrindo com ‘Dominator x If It Ain’t Dutch vs. Destiny’, que foi seguido por hits como ‘Salute‘ de SJ&RM, ‘Wakanda’ da dupla DV&LM, um remix de ‘Otherside‘ da banda Red Hot Chilli Peppers, ‘Amsterdam‘ de W&W e Dirtcaps, entre outras. Com duração de apenas 50 minutos, a apresentação marcou pela improbabilidade e claro, ter esticado um pouco mais aquela noite que já era inesquecível.

O vídeo oficial não está mais no canal do festival, mas como a internet sempre dá um jeitinho, encontramos ele na íntegra e que você confere abaixo com a gente(ou neste link). Relembre também, nossa cobertura especial do evento, que ganhou um álbum exclusivo de fotos aqui e até um vídeo matéria, aqui.

The first time ever, in the history of Tomorrowland all around the around, it’s my pleasure to welcome back Sunnery James & Ryan Marciano, W&W and Armin van Buuren. Tomowland, nós somos uma família!

Sentimos sua falta, Tomorroland Brasil.

Comentários

DJ, Produtor, Redator, Libriano e Sonhador. Trance para amar e Techno para dançar, com uma taça de Gin para acompanhar. Onde é o after?

Leia Também:

Entrevista

Chutando a porta e chegando sem pedir licença, o duo italiano Adam De Maaral, formado por Max Arnese e Alex “Paxi” D’Esposito, lançou no...

Lançamentos

Algumas semanas após o single rodar o mundo nas plataformas digitais — atualmente somando mais de 67k plays apenas no Spotify — a poderosa...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | (11) 98602-8789