fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Via UnderGROUND

A arte de produzir tracks originais, pela perspectiva de YOLA

O produtor musical YOLA nos contou suas interpretações sobre a construção da originalidade de suas faixas. Confira.

YOLA

YOLA

por Isabela Junqueira

O ato de criar músicas, por si só, já é considerado uma arte. Mas quando o artista dispõe da capacidade de refletir sua história, sua vida, experiências (boas ou ruins), influências e frutos que são claramente de sua própria mente — ou universo — essa arte ganha uma conotação ainda mais profunda — e é justamente por isso que YOLA é um grande artista.

Toda essa dinâmica artística que move o produtor paulistano trouxe a originalidade que o faz um agente artístico tão singular; o que nos conduziu a buscá-lo para entender um pouco mais sobre seu processo criativo e de produção. E diferente do que muita gente pensa, o processo de criação nem sempre é linear e bem organizado, por isso, de primeira YOLA já garantiu: “[que seu processo de produção é] uma bagunça… normalmente começa de alguma harmonia e vou desenvolvendo o resto no feeling, sem nenhum processo ou regra… é um pouco caótico e com o tempo vou organizando as ideias, criando arranjo, etc“.

Esse rompimento com possíveis regras e organizações dá espaço para uma espécie de caos harmônico que enriquece o processo de concepção de YOLA, e que certamente é fundamental para auxiliá-lo a alcançar sua autenticidade. “Quando estou produzindo, estou tão afundado na música que nem penso em outros sons… é claro que o que ouvimos no dia-dia pode nos influenciar, mas no final o que sai de mim é o que eu consigo expressar a partir de tudo que vivi, ouvi, vi“.

Quando questionado sobre influências, YOLA refletiu: “acho que não existe um artista de qualquer tipo de arte que não tenha uma referência, alguém que goste… isso não significa que você vai fazer igual. Inspiração é uma semente, e no final, o som acaba sendo uma mistura de várias sementes“, e complementa: “você não constrói identidade copiando, identidade tem a ver com quem você é, e não o outro“.

Mas afinal de contas, quais ingredientes são reunidos no caldeirão criativo de YOLA para dar asas à tamanha originalidade musical? Provavelmente o simples ato de deixar fluir: “faço tudo muito freestyle, não tenho muitas regras, vou mais no sentimento do momento mesmo“. “Na real é como sempre falei: bem natural… estou na música desde os 12 anos, entre bandas, shows, trampando em estúdio como engenheiro de áudio, etc… meu som é um reflexo da minha vida“, conclui.

Yola está no Instagram, Soundcloud e YouTube.

Comentários

Publicitário, gerente de imprensa na Beats n’ Lights. A informação transforma, a verdade conecta, as palavras voam e a música liberta.

Leia Também:

Agenda

Festa itinerante dedicada a lineups femininos ainda terá Ella De Vuono e Paulete Lindacelva no lineup em setembro. Depois de uma estreia no Warung...

Agenda

Os hermanos prometem levar muito tempero latino para aquecer a noite do Surreal On Fire, no dia 19 de agosto. Por Louise Lamin Quem...

Agenda

No dia 3 de setembro, o 9º melhor club do mundo segundo a aclamada revista britânica DJ Mag, recebe 3 grandes nomes do EDM....

Agenda

O DJ Israelense Guy J, que coleciona grandes passagens pelo Brasil, retorna mais uma vez ao D-Edge em grande companhia. Saiba mais. Existem diversos...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | (11) 98602-8789