fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Entrevista

Entrevistamos: Kevin Saunderson no The Town

Kevin Saunderson nos mostra que todo o tempo que existe é precioso, ainda mais na house music. Leia a nossa entrevista no The Town.

Kevin Saunderson

Kevin Saunderson no The Town (I Hate Flash, 2023)

Todo gênero musical teve sua fase embrionária no mundo, seja a música clássica, criada reis e rainhas por volta dos anos 1500, seja pelo emblemático rock, que já se familiarizavam com a guitarra nos anos 40 e revelando artistas como Elvis Presley, B.B. King e Johnny Cash e Bob Dylan, até mesmo a house music, criada a partir de um movimento que invadia Chicago na década de 80 e que ganhava o apoio de potentes artistas como Frankie Knuckles, Marshal Jefferson e Kevin Saunderson.

O produtor ficou mundialmente famoso ao criar o grupo Inner City, que com sucessos como “Big Fun” e “Good Life” levou o house music e o techno de detroit para lugares inimagináveis a partir de 1994. Kevin se transformou de um artista emergente de um reduto marginalizado em uma das cidades mais industriais dos Estados Unidos, em um dos mais requisitados artistas underground da house music.

Desde o retorno do Inner City, apresentando seu filho, Dantiez Saunderson e a nova vocalista Steffanie Christi’an, Kevin atualizou seu feeling de pista e nos mostrou presencialmente no The Town, maior festival de música de São Paulo, porque a house music nunca pode nos abandonar. Leia nossa entrevista na íntegra:

B4B: Você é um dos pioneiros da house music desde 1994, desde a criação do Inner City até agora. Como você analisa a mudança no mundo daquele tempo até os dias atuais?

Kevin Saunderson: Musicalmente, com o passar do tempo, a visão era fazer as pessoas dançarem ao redor do mundo e fazer algo novo com o qual todos pudessem se conectar. Então essa foi a minha inspiração para espalhar meu talento pelo planeta. E aqui estamos, anos mais tarde e ainda continuamos fortes, assim como no começo.

B4B: Desde o tão aguardado retorno de Inner City, você tem trabalhado com seu filho Dantiez. Como é a relação entre pai e filho no trabalho? Vocês conseguem ter essa divisão entre ser família e colegas de trabalho?

Kevin Saunderson: Olha, temos um ótimo relacionamento. Quero dizer que ele já é um adulto, então não é tipo de relação que é necessário alguma imposição, ele não é mais muito jovem, tem 30 anos. Meu filho ama música, ele tem muita paixão e isso me ajuda, nos ajudamos na verdade. Temos uma conexão muito boa. Às vezes estou viajando pelo mundo como DJ e ele fica em casa, dou uma ideia e ele começa a trabalhar nela, então somos um bom time e isso é ótimo!

B4B: Ainda sobre a volta do Inner City, como você encontrou Steffanie e quais foram os critérios para integrá-la ao grupo?

Kevin Saunderson: Bem, o que aconteceu é que Dantiez e eu começamos a trabalhar juntos em uma faixa. E então pensei em comemorar o aniversário de 30 anos do grupo em um festival de Detroit e precisávamos de um cantor. Um amigo meu me apresentou a Stef, fiz um teste com ela e ela nos surpreendeu e ficou com a vaga. Depois disso, quando a vi pessoalmente se apresentando no palco, desenvolvemos um relacionamento ainda maior, principalmente para trabalharmos em apresentações ao vivo. Ela é muito talentosa, tem muito movimento e é excepcional.

Steffanie Christi’an no The Town (I Hate Flash, 2023)

B4B: Precisamos falar sobre o seu novo single, “Heavy”, que foi lançado recentemente. Com foi retornar aos lançamentos após o álbum de reestreia e como foi esse processo produtivo da nova faixa?

Kevin Saunderson: Realmente, temos um novo single lançado nesta última semana, chamado “Heavy”. É a mesma sensação de quando fizemos o álbum, foi apenas criar uma faixa que gostamos. O álbum veio em um momento pré-pandemia, Dantiez trabalhou muito no disco, Steffanie fez a maioria das músicas e tivemos outro cantor de Detroit fazendo a segunda voz, chamado Zebra. Mas sabe, estava apenas tentando voltar a fazer música e quanto ao futuro, agora temos um novo single, lançaremos outro single e continuamos a fazer música.

B4B: Por fim, que mensagem um dos padrinhos da house music deixa para os artistas que estão começando a carreira como produtores?

Kevin Saunderson: Você tem que perseguir sua paixão, seu sonho e você só precisa continuar assim, sempre. Todos nós temos um caminho diferente na vida, todos nós queremos coisas diferentes na vida, mas sabe, se você ama o que faz, continue assim, continue trabalhando duro e não deixe ninguém dizer que você não consegue.

B4B: Muito, muito obrigado Kevin!

Pós graduado em comunicação e marketing digital pela Universidade Belas Artes de São Paulo. DJ, produtor de eventos, PR, poeta e workaholic. Amante de um bom som, um por do sol e uma boa taça de gin tônica.

FACEBOOK

Leia Também:

Lançamentos

Reimaginando seu maior sucesso até hoje e trazendo uma ótima fusão de elementos, skribbs lança o single ‘DON’T LET GO, PT. 2’. Escute. Skribbs...

Lançamentos

“Yara” de Francis Mercier e Luedji Luna chegou na última sexta-feira, 14, em colaboração também com dupla de DJs sul-africanos. Ouça agora. O DJ...

Lançamentos

Transcendendo os limites do convencional, Anthony Menzia apresenta sua mais nova criação, ‘Language Can Also Corrupt Thought’. Escute agora. Anthony Menzia apresenta sua mais...

Lançamentos

Tube & Berger e Nick Schwenderling lançam remix eletrônico de canção original de SYML, que viralizou na série “Maxton Hall” da Amazon Prime. Em...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | +55 (11) 95973-5793