fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

Tudo que você precisa saber sobre Cloonee, headliner da XXX25

Figurinha repetida no topo das listas do Beatport, Cloonee é atração confirmada no Joy Stage do XXXPERIENCE Festival

Cloonee

Cloonee

Os cinco palcos da edição de 25 anos do XXXPERIENCE Festival estão lotados com um line-up de respeito, e o britânico Cloonee, um dos headliners do Joy Stage, é a prova viva disso. O DJ e produtor tem um catálogo de lançamentos de sucesso em gravadoras como Repopulate Mars, Solid Grooves e Black Book Records, colecionando hits no Top #1 do Beatport e atuando como residente em uma das baladas mais icônicas do Reino Unido, a Tank.

David Bisset, o nome por trás do projeto, nasceu perto de Birmingham e mudou-se para Sheffield para cursar a universidade em 2015. Como estava em uma cidade industrial que teve papel crucial no nascimento da cena da música eletrônica britânica, ele começou a tocar em festas nos finais de semana e, no ano seguinte, tornou-se residente do Tuesday Club e do Tank.

Cloonee

Cloonee

Neste último, o britânico passou a tocar às segundas-feiras, noite dos universitários da cidade, criando o evento Sunken. Cloonee sempre esteve envolvido com eventos de música, conseguindo um trabalho na Organised Chaos, empresa de eventos de Sheffield, assim que terminou a faculdade. A experiência comandando as pistas e a constante exposição aos diferentes estilos musicais refletiram diretamente na maneira como David produz suas músicas, sempre sampleando um vocal e/ou instrumento bem marcante.

Com o lançamento de “Estes EP” pela Elrow Music em 2017, Cloonee foi direto para o Top 10 do Beatport Tech House, algo que se tornaria quase rotineiro para o produtor. No mesmo ano, apresentou-se em diferentes clubes pelo Reino Unido e em Ibiza.

2018 é considerado pelo DJ o ano de fundação de sua carreira: ele assinou com a Fresh DJs Agency, responsável por nomes como Max Chapman e Shiba San, expandindo seus horizontes e apresentando-se em vários locais pelo mundo – como Holanda, Nova Zelândia e Austrália -, além de entregar tracks de peso.

Dentre os lançamentos, o ‘Gospel EP’ merece grande destaque, por ser o primeiro trabalho dele na gravadora Repopulate Mars e pelo foco nos vocais de estilo gospel que ganham vida nas tracks. Outro sucesso foi ‘Separated’, lançado no Youtube pela Selected. O vídeo teve mais de 16 milhões de visualizações.

Em 2019, Cloonee teve mais de 18 lançamentos. Ele começou o ano com “Be Good To Me” pela Big Beat Records, que chegou ao primeiro lugar no Beatport Tech House Top 100 Tracks e no segundo lugar do Top 100 Songs & DJ Tracks. Também lançou “Lose Control”, seu primeiro single em sua própria gravadora, a CLNE.

Correndo o risco do texto ficar repetitivo, mas isso é só uma prova do talento do produtor, em 2020 ele começou emplacando outra música no Top #100 de Tech House no Beatport. A faixa “Talk To Me” alcançou essa posição de prestígio em apenas um dia!

Quando a pandemia começou, David estava em turnê na Austrália e Nova Zelândia. Neste período, seu último show ocorreu na madrugada anterior ao lockdown, com o artista entrando em um avião de volta para o Reino Unido horas antes da Austrália fechar. Sua resposta a pausa nos shows foi dedicar-se ao estúdio.

Assim, ele começou a trabalhar com Chris Lake, chefe da Black Book, e juntos lançaram a aclamada ‘What Ya Want’. A parceria entre os produtores levou o britânico pela primeira vez aos Estados Unidos. Lá ele tocou no Petco Park no dia 4 de julho, abrindo para Lake. O duo seguiu para dois shows esgotados consecutivos no The Brooklyn Mirage e Cloonee continuou em uma extensa turnê pelo país.

Em 2021, Cloonee lançou mais uma vez em sua gravadora. A track ‘Love You Like That’, antes era chamada de “Hot Stepper”, e altamente requisitada pelos fãs, que esperaram três anos por ela. David terminou o ano em turnê pelos EUA, Canadá e México. Ainda, a sua faixa ‘Sun Goes Down”‘, foi o oitavo single mais tocado em 2021, de acordo com a 1001Tracklists.

Como de praxe, o DJ começou 2022 com mais uma track no topo do Beatport. “Turn Off The Lights”, remix da original de Chris Lake pela Black Book Records, chegou à segunda posição na lista de Tech House, e à nona na Top 100 de todos os gêneros musicais. O artista continuou se apresentando nos EUA, e passará pelo Brasil um mês antes da XXXPERIENCE, tocando no Sessions Space em Natal no dia 19 de março.

Esse catálogo de hits gigante resulta no Top#3 no Beatport de Artistas de Tech House,  #14 no Top 100 (todos os gêneros) e em sets incríveis com recheados de hinos das pistas, com energia vibrante. Não perca a chance de curtir de pertinho esse gigante da Tech House, garanta já seu ingresso para o XXXPERIENCE Festival no dia 9 de abril, clicando aqui.

Comentários

Formado em Administração de Negócios com ênfase em Marketing, pós graduando em comunicação. DJ, poeta e workaholic. Amante de um bom som, um amanhecer e uma boa dose de esperança.

Leia Também:

Agenda

Festa itinerante dedicada a lineups femininos ainda terá Ella De Vuono e Paulete Lindacelva no lineup em setembro. Depois de uma estreia no Warung...

Agenda

Os hermanos prometem levar muito tempero latino para aquecer a noite do Surreal On Fire, no dia 19 de agosto. Por Louise Lamin Quem...

Agenda

No dia 3 de setembro, o 9º melhor club do mundo segundo a aclamada revista britânica DJ Mag, recebe 3 grandes nomes do EDM....

Agenda

O DJ Israelense Guy J, que coleciona grandes passagens pelo Brasil, retorna mais uma vez ao D-Edge em grande companhia. Saiba mais. Existem diversos...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | (11) 98602-8789