fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Descubra

Descubra: Fel C

Conheça o projeto Fel C, do mineiro Felipe da Cunha, que une o melhor de diversos gêneros dance em seu formato live.

Fel C

Fel C

por Rodrigo Airaf

Felipe da Cunha é daqueles artistas sedentos pela constante busca por conhecimento. Inquieto e multifacetado, o artista é de Minas Gerais, mas formou-se em Produção Fonográfica em São Paulo, na Faculdade Belas Artes. Cruzou também o Oceano Atlântico para buscar especialização na Point Blank, de Londres, renomada escola intimamente ligada aos assuntos da dance music mundial. 

O motivo desta dedicação parece óbvio; Fel C encontrou nas batidas eletrônicas o melhor terreno artístico para expressar-se. Não quis, entretanto, ir para os caminhos mais óbvios: Fel C ressoa como um eterno experimentador. Seu catálogo de lançamentos mostra alguém que ora intersecciona paisagens sonoras de diversas vertentes, ora atravessa fases de sua carreira em que está mais focado em tirar o suco de uma sonoridade específica. 

Por isso, embora seja evidente que, independente do estilo musical, sua qualidade sonora vai mais em direção a arranjos sensíveis por cima de beats imponentes — muitas vezes, com sua própria voz —  esse modo livre de operar o fez criar singles e EPs de Techno, Progressive House, Melodic House, Melodic Techno, Tech House, Indie Dance, Breakbeat, Electronica e Afro House. 

Toda essa abrangência nunca deixou de respeitar sua identidade sonora e, por destacar-se neste âmbito, desde 2017 Fel C vem se colocando em selos de vários portes, escolhendo com cuidado o que mais se encaixa em suas camadas em determinado período. Entre eles estão Prisma Techno (BR), Transensations (BR), TRANSA Records (Espanha-Brasil), Traum (Alemanha) e Natura Viva (Itália). Seu mais recente EP, Excuse To Dance, colocou quatro original mixes bem dinâmicas de Indie Dance na label UFO Sound, de Ibiza. 

Invertendo os papéis, como headlabel ele está à frente do selo Native Wolf, que estampa lançamentos de artistas como Vermelho, Hayk Föhn, Funky Fat, Linda Green, Perrone e Entropia-Entalpia. A história de Fel C também incluiu momentos em cabines importantes do cenário, a exemplo da lendária Ministry of Sound e da Egg London, no Reino Unido, e do Bora Beach Club, em Ibiza.

Isso tudo foram apenas degraus que o artista vem pisando em sua ascensão; Fel C criou seu live act não muito tempo atrás. Como mostrou em um set audiovisual especial, tendo como cenário a instalação “Impresso”, da artista plástica Adriana Silveira, e usando como setup uma controladora, um computador, pedal de voz, guitarra e microfone, Fel C seguirá fazendo suas habilidades multi-artísticas dialogarem. 

B4B: Felipe, tudo bem? Seu desenvolvimento teve várias etapas até o momento. Em qual etapa você está agora? Criando algo novo e surpreendente? Fazendo a manutenção de um caminho que está se consolidando? Aperfeiçoando habilidades?

Fel C: Ei Rodrigo e galera da B4B, obrigado por me receber para essa conversa. Então, agora sinto que estou finalizando um ciclo. Acabou de ficar pronto o clipe para uma das  primeiras músicas que fiz para o Live Act e em breve vai estar disponível. A partir disso, me sinto aberto para testar novas sonoridades novamente. 

B4B: O que podemos esperar do seu live act de agora em diante?

Fel C: Aprendi muito com as gigs que tive até agora como live performance e venho preparando sets mais versáteis, que cabem em diferentes momentos da festa. E cada live act sempre trago músicas novas.

B4B: Como headlabel da Native Wolf, quais têm sido os maiores desafios e maiores vantagens até então? 

Fel C: Este ano eu dei uma segurada nos lançamentos da label, justamente pela demanda necessária e o quanto tenho focado no meu projeto solo. Pelo menos por agora, vou lançar apenas produções minhas ou releases realmente especiais para mim. Acho que uma das maiores vantagens de administrar uma label, é lançar sons que você gosta e o crivo é apenas seu. Isto é libertador.

B4B: Como você define, de maneira primária, sua assinatura sonora atualmente? 

Fel C: Uma mistura melódica entre o Indie, Techno e House.

B4B: Além de ser headlabel, produtor de live act, produtor musical, guitarrista e cantor, tem mais alguma atuação no cenário que você vislumbra para o futuro? 

Fel C: Gosto muito de produzir eventos também. É uma área desafiadora que quero explorar mais este ano e o que vem, agora que me mudei para São Paulo. Mas claro, o projeto solo é minha maior prioridade.

B4B: Diga algumas palavras para sua audiência.

Fel C: Queria convidar a galera que veio aqui e participou dessa conversa, para conhecer não só meu live act presencialmente, mas meus clipes, vídeos e músicas, que são bem diversas e cada uma passa um pedacinho de mim e das minhas emoções. Muito obrigado, B4B!

Fel C está no Instagram, Youtube & Soundcloud.

Comentários

Publicitário, gerente de imprensa na Beats n’ Lights. A informação transforma, a verdade conecta, as palavras voam e a música liberta.

Leia Também:

Agenda

O  artista romeno, COSMJN, se apresenta nesta sexta-feira, na festa Freak Chic, trazendo muito minimal para o D-Edge. Confira as informações. Embora COSMJN tenha começado...

Lançamentos

Conquistando um destaque na Apple Music, o álbum ‘Motion Pride’, de Motion Records e TNW , celebra o mês do Orgulho LGBTQIA+. A Motion Records...

Via UnderGROUND

Retornando para a capital paulistana, o Warung Tour SP trará a magia do Templo a cidade com um line-up que conta com Adriatique e...

Área 51

O jovem talento mostra que é possível combinar ambos os estilos de forma surpreendente Ale Vaz já mostrou em seus outros lançamentos que entende...

Publicidade

Beat for Beat © 2020 | CNPJ 16.853.408/0001-46 | (11) 98602-8789