2019: o ano em que Eli Iwasa tomou conta dos festivais

Em um momento de consolidação de carreira, Eli Iwasa é presença em grandes evento do país e do mundo e faz de seu 2019 um dos seus melhores anos.

Eli Warung Day Festival
Eli Iwasa no Warung Day Festival

O ano de 2019 tem sido um marco importante em diversos aspectos e para Eli Iwasa não poderia ser diferente. Dona de dois clubs em Campinas – o premiado Club 88 e o Caos, que em menos de 2 anos tornou-se parada obrigatória para artistas nacionais e internacionais -, Eli vive a consolidação da sua carreira, marcando presença em diversos eventos do Brasil e do mundo.

Tudo começou em 1999, numa epoca onde a música eletrônica era um gênero dedicado a uma pequena parcela de brasileiros, mas foi ali que Eli Iwasa começou sua trajetória. Desde cedo, a DJ, produtora e empresária foi protagonista dessa cena tão rica e resultado disso é a intensa maratona de eventos que vive em 2019. Ao todo, são 10 grandes festivais, incluindo 3 fora do Brasil, além das dezenas de festas e clubs menores, seja em nosso país ou no exterior.

Só no primeiro semestre desse ano, Eli Iwasa se apresentou no DGTL, importante festival holandês que teve sua terceira edição em São Paulo; no Warung Day Festival em Curitiba; levou techno ao psicodélico Solaris e representou o Brasil no Baum, um dos maiores festivais da Colômbia. Além disso, ela é uma das confirmadas no Rock in Rio 2019, um dos maiores festivais de música do Brasil e até mesmo do mundo e na 2ª edição do Time Warp em solo brasileiro.

Eli Iwasa Baum Festival
Eli no Baum Festival

Ao longo dessa jornada de duas décadas trabalhando com o que eu gosto, e vendo hoje o quão frutífera nossa cena se tornou, posso dizer que levar minha música ao público do Rock in Rio, do Time Warp, e aos principais eventos do Brasil e do mundo é uma realização por saber que escolhi o caminho certo. É gratificante fazer parte do boom da música eletrônica, como artista, empresária e mulher“, declara Eli Iwasa.

Já nesse segundo semestre, os esforços da nossa artista do mês estão voltados para grandes estreias. Eli fará seu debut na Gop Tun, coletivo responsável por trazer, por exemplo, o Dekmantel ao Brasil, além de estar escalada para festa Photon, do alemão Ben Klock, que fará sua primeira edição em terras tupiniquins. Eli também é uma das confirmadas no novíssimo Some Festival, dos mesmos organizadores da Tribaltech.

Eli DGTL
Eli Iwasa no DGTL

A agenda da artista inclui ainda mais um convite para o ADE (Amsterdam Dance Event), maior e mais respeitada confêrencia de música eletrônica do mundo, que acontece em Amsterdam e uma passagem pelo Frecuencias, evento chileno avant-gard com nomes experimentais e consagrados que fazem a diferença em seus segmentos. Finalizando o ano, Eli desembarca mais uma vez no Universo Paralello, conhecido festival de ano novo paradisíaco na praia de Pratigi, na Bahia.

Com toda a certeza, 2019 foi e ainda será um grande ano para Eli Iwasa e esse é “só o começo” de uma carreira meteórica. Siga a artista em suas redes sociais e fique por dentro das próximas datas e apresentações. Qual será o próximo destino da japonesa?

Comentários

DJ, Produtor, Redator, Libriano e Sonhador. Há vinte e tantos anos, embalado pelo Trance.