fbpx
Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

All-In: Conheça as 10 apostas do Beat for Beat para 2021

Conheça as principais apostas da redação do B4B de artistas para o mercado da dance music, nacional e internacional, em 2021.

apostas

Carola, uma das nossas apostas nacionais para 2021

O ano de 2021 vem aí e com ele, novas oportunidades de mercado. Como a maioria de nossos leitores sabe, o mercado da música eletrônica no mundo é muito vasto e expressivo, sempre gerando novas chances de descobertas de artistas que futuramente, poderão alcançar um sucesso estrondoso, seja nas plataformas de streaming, em suas turnês ou pela mídia espontânea.

Pensando nisso, os editores do Beat for Beat selecionaram 10 apostas para o ano novo, que refletem não só a identidade musical de cada um dos escolhidos, bem como as novas tendências de mercado, inovações na curadoria de carreira, marketing e obviamente, o mais importante de tudo, a escolha dos próprios ouvintes, que mantém a carreira de qualquer artista viva. Conheça abaixo os selecionados:

Internacionais:

1. Imanbek

Os jovens do Cazaquistão devem estar muito orgulhosos do artista que o país apresentou ao mundo recentemente. Imanbek Zeikenov tem apenas 19 anos, era estudante de engenharia ferroviária e mantinha um emprego na estação de trem próximo de sua residência, mas Imanbek também admirava a dance music e como ela poderia te explodir com o remix do hit do rapper Saint Jhn. Com certeza ‘Roses‘ foi uma das peças chaves da dance music durante este ano e realmente esperamos que Imanbek seja um das próximas revelações para o mainstream.

2. John Summit

Certamente você já ouviu pelo menos dizer que um dos berços do principal gênero dance do mundo esteja em Chicago. A capital da cultura house trouxe ao mercado mais um grande nome neste ano. John Summit surgiu de repente e como uma chama, invadiu todo o circuito da house music mundial com o hit ‘Deep End’. Além de ter se tornado nº 1 no Beatport, John teve apoio de grandes nomes do gênero como Pete Tong, Annie Mac, Danny Howard, Diplo, MK, Fatboy Slim, Lee Foss, Solardo e por aí vai. Se você gosta de house, com certeza deve ficar de olho neste nome que ainda vai bombar muito em 2021!

3. Bicep

A dupla de irlandeses formada há quase 11 anos, começou mesmo a ter sua ascensão apenas em 2017, quando lançaram seu primeiro álbum de estreia, mas Bicep em 2020 chamou a atenção dos holofotes principalmente pelo seu estilo de som, delicado, melódico, progressivo, uma das novas tendências para 2021, que promete ser um divisor de águas também na cena underground. O sucesso de seu novo EP ‘Saku‘, lançado recentemente, garantiu a vaga da dupla em uma de nossas apostas para o ano que vem.

4. Charles D

Charles D está saindo de um impressionante 2020, no qual recebeu o apoio de alguns dos maiores nomes da indústria como: Eric Prydz, Adam Beyer, Simon Patterson, Bryan Kearney, John Gibbons, Agent Orange, entre tantos outros grandes artistas. Charles é uma das novidades do techno, referência em melodias criadas através dos sintetizadores, que também estão muito presentes em seu radio show, o Synthesized Radio. O impulso de 2020 para Charles também poderá ser de grande importância para o início das gigs do ano que vem.

5. Cassian

A carreira do australiano Cassian sempre comeu pelas beiradas do electro pop mundial até a ascensão do gênero em 2020. O DJ e produtor australiano começou sua trajetória profissional em Sidney, logo sendo apadrinhado pela label do trio Rüfus du Sol, a Rose Avenue Records. Pela semelhança com o famoso grupo, Cassian também começou a ganhar vários fãs pelo mundo todo, impulsionando-o a lançar o álbum ‘Laps’ neste ano, que ganhou assinatura em remix de Vintage Culture, na faixa ‘Magical‘. Cassian é mais um dos nomes que devemos ficar de olho em 2021.

Nacionais:

1. Meca

Como já postado aqui no nosso site anteriormente, Matheus Meca é um dos grandes nomes para o próximo ano. Com 27 anos, o DJ e produtor vem se destacando no cenário nacional ao lado de Vintage Culture e da label Só Track Boa. Fã do progressive e melodic house, Meca já possui um catálogo de faixas de sucesso, como ‘Shining Soul’, ‘Mirage’, ‘Like Love’ e ‘Take me Away’. Meca é uma de nossas apostas como coringa para gigs de todo Brasil, principalmente pela sua sonoridade apurada, descrita através de seus últimos lançamentos.

2. Carola

A ascensão de Carola foi como um furacão. Apesar de ter focado em seus estudos durante a adolescência pensando em cursas Psicologia, foi a música que invadiu o peito da produtora gaúcha, que enfrenta a cena com muito fervor, levando a sua identidade de mulher preta para mais de 190 mil ouvintes no Spotify. Recebendo recentemente apoio de grandes nomes da música eletrônica mundial, como David Guetta e Fedde Le Grand, Carola hoje domina a lista de DJs mulheres em alta no Brasil, sendo uma das nossas grandes apostas para 2021.

3. Kohen

Bombando em 2017 com um remix para Martin Garrix, Kohen ganhou mais um importante espaço na cena nacional em 2020 com seus últimos lançamentos. O produtor já assinou faixas com importantes labels do mundo todo como a Spinnin’ Records, Musical Freedom, STMPD Record, Sony, Universal, Som Livre e recentemente pela Controversia, gravadora de Alok e Bhaskar, com as tracks ‘So Lost‘ e ‘For You‘. Mais um grande nome que assumirá grandes pistas Brasil a fora após a pandemia.

4. Reezer

Com mais de 8 anos de carreira, o carioca Reezer colaborou com Meca em ‘Shining Soul‘, grande hit de 2020, mas não é só por isso que o produtor aparece aqui em nossa lista. Também assumindo uma identidade melódica em suas composições, Rodrigo Rique já recebeu suporte de Sander Van Doorn, Vintage Culture e Going Deeper, apenas para citar alguns. Sua marca já faz parte do Progressive House brasileiro e é um dos nomes mais cotados para o mercado no ano que vem.

5. GHOSTT

De ghost producer para as pistas do Brasil, Marcio demorou um pouco para perceber onde poderia chegar com suas grande faixas. E foi assumindo rankings importantes como a Billboard e recebendo suporte de nomes como Tiesto, Alesso e Afrojack, que o projeto Ghostt foi criado, a fim de então começar sua carreira de renome no mercado da música. Pelo pouco que já apresentou ao mercado com seu novo projeto, Ghostt já teve impulso através de DJs renomados na cena nacional, como Alok, Vintage, Dubdogz, Chemical Surf, KVSH e Bruno Be, estando pronto para bombar em 2021.

Obviamente que existem muitos mais apostas que devemos ficar de olho no próximo ano, que promete ser um dos maiores para os artistas brasileiros em seu próprio mercado. Se você sentiu falta de algum artista conta pra gente através do nosso e-mail de contato e você artista, manda aquele novo single pra gente, o espaço está aberto para todos, a fim de fomentar ainda mais nossa cena que tanto sofreu em 2020 e que com certeza estará cheia de vontade para 2021.

Um feliz ano novo!

Comentários

Formado em Administração de Negócios com ênfase em Marketing, estudante de Jornalismo. DJ, poeta e workaholic. Amante de um bom som, um amanhecer e uma taça de gin.

Leia Também:

Lançamentos

Ouça os melhores lançamentos que embalaram mais uma semana do mês de abril no mundo da música eletrônica. Playlists nas plataformas de streaming. Comentários

Editorial

Separamos 3 grandes feitos de Avicii que mudaram sua história e a história da música eletrônica no mundo todo. Conheça-os. Comentários

Mainstage

O podcast de Theo Braga promete compartilhar conversas de bastidores com os líderes que estão por trás dos grandes negócios. Theo Braga já é...

Editorial

Que tal uma lista de lives que precisam ser assistidas, indicadas por quem entende do assunto? Então se liga nessas sugestões! Que as lives...

Publicidade

Beat for Beat © 2020