Conecte-se com a gente

Oi, o que você está procurando?

Editorial

Techno Bunker #01: UMEK

Pioneiro em se país de origem e responsável por elevar o nome da Eslovênia no cenário eletrônica, UMEK é o primeiro personagem da nossa coluna Techno Bunker.

Umek

Umek

É muito comum você ouvir que Alemanha, Itália, Holanda e Espanha são terras detentoras de grandes artistas da cena underground, principalmente quando falamos no Techno, mas é da Eslovênia, no Leste Europeu, que resolvemos trazer o primeiro personagem desta coluna: Uros Umek.


Para você que acompanha os rankings do Beatport ou simplesmente é um amante do Techno, é praticamente impossível você nunca ter ouvido ou lido este nome, afinal, no momento em que estamos escrevendo essa matéria, UMEK está com 6 músicas entre as Top100 no chart de Techno. Um verdadeiro track-seller — existe essa expressão? Destaque para ‘Predator’, faixa lançada no início de maio que ocupa atualmente a segunda posição do ranking.

Uma curiosidade bem interessante sobre UMEK é que ele foi o grande responsável por dar o pontapé inicial na cena de música eletrônica em seu país, organizando raves ilegais, até se tornar um dos produtos mais procurados da Eslovênia — sem contar as dezenas (ou centenas?) de gigs que ele estava realizando por ano, antes do coronavírus interrompê-lo. Dos clubs mais undergrounds do planeta a grandes festivais, UMEK é  sinônimo de força, energia e intensidade.

Por pessoas mais próximas e outros artistas, ele é freqüentemente chamado de “Fotr”, que na tradução significa “O Pai”. E por pouco ele deixou de virar um renomado DJ e produtor de Techno, porque há 25 anos atrás, antes de mergulhar na música, ele — com seus dois metros de altura — decidiu largar a escola e sua promissora carreira no basquete para fazer cestas de três pontos na indústria da música. A faixa ‘Can You Party‘, de 1988, de Todd Terry, foi a que o fez entrar e acreditar numa carreira dentro da cena eletrônica.

E sabe aquelas seis faixas que estavam no top100? Todas foram lançadas por sua própria gravadora, 1605, selo com mais de 10 anos de estrada e que já conta com quase 250 releases — por lá já lançaram outras estrelas e promessas do Techno, como Teenage Mutants, Mark Knight, Cosmic Boys, D-Unity e por aí vai.

Atualmente, além de continuar alimentando a cena com seu estilo impetuoso, ele decidiu usar sua experiência e habilidade no mundo empresarial. Ao lado de outras pessoas, fundou uma startup de tecnologia da música batizada de Viberate, projeto ambicioso que pretendem transformar na maior plataforma de música do mundo, hoje avaliada em mais de 40 milhões  de dólares e empregando mais de 120 pessoas ao redor do globo — é a prova de que quando você acha que já está no topo, pode chegar ainda mais longe.

Hoje paramos por aqui, mas saiba que todo início de mês você poderá conhecer mais a fundo a história e a carreira de alguns dos principais nomes do Techno. 

Comentários

Publicitário, gerente de imprensa na Beats n’ Lights. A informação transforma, a verdade conecta, as palavras voam e a música liberta.

FACEBOOK

PLAY!

PUBLICIDADE

Leia Também:

Mainstage

Após um forte ciclone passar pela região de Santa Catarina, parte da estrutura do club #1 do mundo, o Green Valley. desabou. Veja a...

Mainstage

A mágica ilha, Pāpiliōnem, será o cenário que receberá os visitantes virtuais durante o festival digital Tomorrowland Around The World. People of Tomorrowland, estão...

Via UnderGROUND

Além das aulas gratuitas que serão divulgadas no Youtube, Andre Salata abrirá também, novas vagas em sua Comunidade de Áudio. Se você é um...

Mainstage

Conheça as melhores tracks que fizeram da nossa playlist de lançamentos, da quarta e última semana de junho, um sucesso. Ouça agora. Comentários

Publicidade

Beat for Beat © 2020